Bye bye, hutongs

A região dos hutongs, as vielas históricas da capital chinesa, é alvo constante de renovações. As casas seculares volta e meia são alvo de projetos privados ou do governo que querem dar um ar mais moderno ou funcional à cidade: azar o da história.

O caso, que ainda hoje se repete, é alvo de protestos há muito tempo. Uma música do então incipiente rock chinês retrata as transformações, Zhong Gu Lou (钟鼓楼), de He Yong. O título é o mesmo da região das Torres do Sino e do Tambor (chamadas Zhong Gu Lou), circundada por arquitetura dinástica por todos os lados, ou o que sobrou dela.

O clipe, combativo e um retrato daquele pedaço de Beijing nos anos 1990, está abaixo. E depois dele, a tradução da letra para o português:

Zhong Gu Lou
Torre do Sino e do Tambor

A minha casa fica no interior do Segundo Anel
Onde os moradores têm tempo de sobra
Eles estão falando de vidas alheias
Estão querendo saber que marca de cigarro você gosta
Quem trabalha duro nos restaurantes são migrantes, de fora de Beijing
O que vejo nos seus rostos é igual ao que vejo no meu

A bicicleta passa em cima da folha, não se vê pôr-do-sol,
A ponte Yi Ding não tem mais vista para a Montanha Oeste
As folhas de lótus estão murchas
A imagem da lua refletida na água agora disputa com o lampião de rua
Dois amigos discutem sobre quem vai aquecer o forno para fazer o café amanhã
Em dúvida sobre o que comer: you tiao (espécie de palitos de massa) ou bolacha

Zhong Gu Lou respira pó e fumaça, deixando vocês moldarem sua cara,
Não consigo ouvir a sua voz, há muito barulho agora,
A torre só contempla há tempo, por que não fala algo?
Quem fez pergunta tão difícil? As respostas certas estão espalhadas pelo mundo todo

A minha casa fica no interior do Segundo Anel
A minha casa fica na região de Zhong Gu Lou
A minha casa fica nesta comunidade
A minha casa, a minha casa, a minha casa fica na Terra.

Pin It

Leave a Reply