JANAÍNA CAMARA DA SILVEIRA – 热娜
janaina@radarchina.co

JANAINARADAR Jornalista de formação e Relações Públicas a partir de experiências profissionais no Brasil e na China, Janaína é apaixonada pelas relações sino-brasileiras e quer ver empresas e governos dos dois países interagindo cada vez mais.

A paixão começou em 2007, quando Janaína deixou o Grupo RBS, no Rio Grande do Sul, para atuar na Agência de Notícias Xinhua, braço estatal de comunicação do governo chinês, em Beijing. Na capital chinesa, percebeu que faltava um tempero brasileiro às relações públicas, o que deixava empresários, representantes de associações e de governos do maior país latino-americano pouco assistidos ao pisarem em solo chinês. Daí surgiu o Radar China.

Em 2014, Janaína retornou ao Brasil para atuar frente ao China Desk do Grupo In Press, o maior de relações públicas no setor privado brasileiro. No ano seguinte, lançou o guia China – O Melhor de Pequim e Xangai, da Pulp Edições, o primeiro sobre as duas maiores metrópoles chinesas escrito por um brasileiro para brasileiros: são várias receitinhas para fugir de roubadas e curtir o lado de lá.

O guia resume muito do modo de trabalho de Janaína: atuar de uma maneira leve e divertida num ambiente que parece árido à primeira vista, ante tanta diferença cultural, mas que é cheio de descobertas saborosas e um sem fim de oportunidades de negócios. Para organizar todo este caldo, a jornalista hoje é mestranda em Economia Internacional pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), outro desafio acadêmico que também tem no foco a relação sino-brasileira.

 

***

SUN LIDONG (ANDRÉ SUN) – 孙立冬
sun@radarchina.co

sunradarSun Lidong, o André Sun, nasceu em Beijing e ainda adolescente, achou por bem cursar Língua Portuguesa na Universidade …. Foi ali que ganhou o nome tão familiar aos brasileiros, num gesto bastante comum entre os chineses, sabedores do quão difícil para os ocidentais é decorar os seus nomes. Era só o início de um rumo que ficaria impresso também no currículo profissional.

Sun já atuou na mídia estatal chinesa, na Rádio Internacional da China – Departamento de Língua de Portuguesa – e pouco depois esteve em uma temporada de seis meses no Brasil, à frente do Departamento de Promoção Comercial do Ministério de Comércio Exterior do governo chinês. Ao retornar à China, ampliou a atuação para a Europa. Fala fluentemente além do mandarim, a língua nativa, português, espanhol e inglês. Já foi tradutor oficial para a presidente Dilma Rousseff e para o vice-presidente Michel Temer. Delegações de governadores, ministros e grandes empresários chineses e brasileiros também contaram com o seu trabalho de tradutor e intérprete.

A trajetória também incluiu passagem pelo Setor Comercial da Embaixada do Brasil em Beijing, época em que mergulhou no mundo dos negócios sino-brasileiros. Multicultural por vocação, é deste período o início dos trabalhos à frente do Festival de Cinema Brasileiro na China, ao qual ainda hoje é ligado, agora trazendo também mostras de filmes chineses ao Brasil, país que adotou em 2014. Apesar da residência em São Paulo, viaja constantemente ao país natal.

Pin It